6 de abril de 2014

Morreu Manuel Forjaz

Tinha 50 anos e transmitia uma força incrível. Mas só Deus sabe as dores que ele tinha. Tinha um programa na TVI 24, o 28 minutos e sete segundos de vida, e lançou um livro há pouco tempo. O discurso dele arrepiava-me... era incrível a forma como encarava a vida. A sua vida. No Vou ali ser jornalista... e já volto! podem encontrar o link para a entrevista que o Manuel deu à Notícias Magazine. Vale a pena ler, acreditem!

18 comentários:

  1. Quando vi a notícia lembrei-me logo da publicação que fizeste por aqui . Ele tinha uma força admirável .

    ResponderEliminar
  2. Fui completamente apanhada de surpresa... :/

    ResponderEliminar
  3. Fiquei arrasada. Não esperava, não agora...

    ResponderEliminar
  4. São pessoas que, apesar de tudo, deixaram a sua marca. Uma imagem de luta contra uma doença que continua por vezes a levar a melhor, mas a quem nunca se deve dar o braço a torcer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo... se bem que neste tipo de doenças as pessoas que conheço vão sempre buscar forças a sítios que nem sei... É incrível.

      Eliminar
  5. Vou ler a entrevista. Fiquei curiosa. Obrigada pela partilha!

    ResponderEliminar
  6. Perdem-se génios e ficam as bestas.
    Como é possível que em 50 anos, este génio tenha feito tanto?!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mesmo... e 50 anos... tinha tanta coisa ainda para fazer.

      Eliminar
  7. Foi a unica pessoa que me fez parar para ouvir falar de cancro e da maneira como se pode encarar a vida com ele...Fiquei com um grande aperto no peito quando soube mas pronto ja era esperado :(

    Beijinho*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E da maneira como ele falava da doença... arrepiava-me.

      Eliminar

Respondo quase sempre aos comentários por aqui mas faço questão, também, de ir sempre aos vossos cantinhos.
Obrigada por passarem por aqui. =D